Família

Rosaceae

Nome Comum

macieira, maçanzeira, maceira, macieira-cultivada, pereiro

Origem

Europa (Portugal).

Tipo de Origem

autóctone

Autor

Borkh.

Descrição

A espécie Malus domestica é uma árvore de até 10 m de altura, podendo atingir os 15 m, inerme. Possui tronco curto e copa arredondada, com os ramos jovens por vezes espinhosos. A casca é de cor acinzentada fissurada em pequenas placas irregulares. Folhas caducas, alternas, pecioladas, ovado-elípticas, serradas, levemente tomentosas na página superior e densamente na inferior; estípulas são simples. As flores pedunculadas, solitárias ou agrupadas em fascículos (corimbos) com3 a 6 flores na extremidade dos ramos jovens, brancas com as margens rosadas; sépalas branco-tomentosas em ambas as páginas. O fruto (maça) é um pomo variável na cor, sabor, forma e dimensões, normalmente globosos, achatado nos extremos, com casca brilhante, lisa e polpa doce e aromática; as sementes estão contidas numa separação cartilaginosa (mesocarpo) no centro do fruto.

Tipo de Reprodução

hermafrodita

Forma de Vida

árvore

Ínicio de Floração

março

Fim de Floração

junho

Perenidade

caducifólia

Inflorescência

corimbo

Cor da Flor

branco

Tipo de Folha

simples

Inserção de Folha

alterna

Margem da Folha

serrada

Limbo da Folha

ovado

Tipo de Fruto

pomo

Consistência do Fruto

carnudo

Maturação do Fruto

setembro

Observações

De origem complexa, a macieira, que conta actualmente com mais de 1000 variedades, deriva do cruzamento de espécies da Ásia Central e Ocidental (onde a cultura é muito antiga) com espécies europeias, originando híbridos.

Aplicações

A maça é um dos frutos mais apreciados, além de 85% de água, contém 12% de açúcar, ácidos orgânicos, pectina, tanino, vitaminas e provitamina A. O seu aroma é devido a uma essência existente sobretudo na casca (epicarpo). Refrescante pelo seu abundante sumo, ligeiramente ácido, estimula as glândulas digestivas e protege a mucosa gástrica. O sumo de maça fresco é um excelente alimento que favorece especialmente a assimilação de cálcio. A maça tem numerosas utilizações externas tradicionais: a sua polpa cozida é calmante e o seu sumo fresco retarda o aparecimento de rugas e a flacidez da epiderme.

2 Exemplares no Parque


Porte


Folha


Flor


Fruto


Tronco