Família

Palmae

Nome Comum

palmeira-kentia, quência, kentia, palmeira-do paraíso, palmeira-de-interiores

Origem

Endémica da Ilha Lord Howe (Oceânia)

Tipo de Origem

alóctone

Autor

(C. Moore & F. Muell.) Becc.

Descrição

O espique da palmeira-kentia pode atingir 20 metros de altura, sendo mais dilatado na base e possuindo anéis bem marcados, que são cicatrizes resultantes da queda das folhas. As folhas são pinadas, podem atingir cerca de 3 metros de comprimentos, com longos folíolos lineares e pendentes, verde-escuros na página superior e verde mais claro na página inferior.

As inflorescências são panículas com cerca de 1 metro de comprimento. As flores são brancas dispostas em tríades (2 masculinas e 1 feminina). Possuem numerosos estames. Os frutos são drupas, elipsoides, com cerca de 1,5 (4) cm de comprimento, inicialmente verdes a alaranjados e gradualmente adquirem a cor vermelho-escura quando maduros.

Tipo de Reprodução

hermafrodita

Forma de Vida

arbusto

Ínicio de Floração

abril

Fim de Floração

agosto

Perenidade

perenifólia

Inflorescência

panícula

Cor da Flor

branco

Tipo de Folha

composta

Inserção de Folha

oposta

Margem da Folha

inteira

Limbo da Folha

pinulado

Tipo de Fruto

drupa

Consistência do Fruto

carnudo

Habitat

Cresce em clima subtropical, em colónias extensas abaixo dos 875 metros de altitude.

Observações

Embora endémica da Ilha de Lord Howe, a palmeira-kentia tornou-se cosmopolita, por ser muito tolerante a diversos climas, adaptando-se também a interiores com pouca luminosidade. A sua manutenção não requer grandes cuidados e o seu crescimento é bastante lento o que favorece a sua aptidão como planta de interiores. É resistente à salinidade das zonas litorais, mas deve ser protegida dos ventos fortes que podem danificar as suas folhas. Multiplica-se por sementes que devem ser colhidas de frutos totalmente maduros, o que pode levar 3 a 4 anos, e plantados imediatamente. A germinação é muito irregular e pode levar 2 meses a 3 anos a ocorrer. A quebra da dormência em água quente melhora as taxas de germinação.

Aplicações

A palmeira-kentia é muito utilizada como ornamental, valorizando projetos paisagísticos e de decoração. É uma das palmeiras mais utilizadas em interiores.

5 Exemplares no Parque


Porte


Folha


Flor


Fruto


Tronco