Família

Caprifoliaceae

Nome Comum

viburno

Origem

Ásia (Japão).

Tipo de Origem

alóctone

Autor

Miq.

Descrição

Esta espécie de Viburno é um arbusto elevado de folha persistente, até 3 m de altura com ramificação aberta. As suas folhas são pecioladas, largamente ovais de 10 a 15 cm de comprimento de margem esparsamente dentada e nervuras bem marcadas, com aroma característico quando esmagadas. As flores estão dispostas em corimbo até 15 cm de diâmetro, são brancas por vezes ligeiramente rosadas. Os frutos (drupas) são ovais, inicialmente vermelhos-vivos, tornando-se negros-azulados quando maduros e persistem bastante tempo no arbusto.

Tipo de Reprodução

hermafrodita

Forma de Vida

arbusto

Ínicio de Floração

maio

Fim de Floração

junho

Perenidade

perenifólia

Inflorescência

corimbo

Cor da Flor

branco

Tipo de Folha

simples

Inserção de Folha

oposta

Margem da Folha

dentada

Limbo da Folha

ovado

Tipo de Fruto

drupa

Consistência do Fruto

carnudo

Maturação do Fruto

setembro

Habitat

Cresce em moitas de solos húmidos em clareiras de bosques.

Observações

O género Viburnum compreende cerca de 150 espécies, oriundas da China, Japão, Coreia, região Mediterrânica e norte da América. Muitas são cultivadas em jardins e parques. Possuem formas esféricas e ovóides, de folhagem compacta as flores e os frutos torna a maioria das espécies deste género muito atrativas.

Aplicações

Espécie muito apreciada como ornamental em parque e jardins pela sua intensa floração e frutificação que atrai inúmeros insectos e passeriformes.

1 Exemplares no Parque


Porte


Folha


Flor


Fruto


Tronco