Família

Leguminosae

Nome Comum

acácia-de-Constantinopla, ébano-do-Oriente, árvore-da-seda

Origem

Ásia (do Irão à China, Japão e Taiwan)

Tipo de Origem

alóctone

Autor

Durazz.

Descrição

A acácia-de-Constantinopla é uma árvore de copa aberta, algo pendente, que chega a alcançar 12 m de altura, com casca cinza. Folhas alternas, caducas, bipinuladas, divididas geralmente em 5 12 pares de pinas, cada uma com 20 30 pares de folíolos oblongos cerca de 6 mm de comprimento e ápice agudo, de um verde-intenso e com aspecto plumoso. As flores reúnem-se em racimos (cachos), na extremidade dos ramos, possuem numerosos estames plumosos, longos. De um branco-rosado, salientes, em forma de leque. O fruto é uma vagem, achatada, com a extremidade afunilada e comprimida entre cada semente.

Tipo de Reprodução

monóica

Forma de Vida

árvore

Ínicio de Floração

julho

Fim de Floração

agosto

Perenidade

caducifólia

Inflorescência

cacho

Cor da Flor

cor de rosa

Tipo de Folha

composta

Inserção de Folha

alterna

Limbo da Folha

oblongo

Tipo de Fruto

vagem

Consistência do Fruto

seco

Maturação do Fruto

outubro

Habitat

Surge nas orlas e clareiras de florestas. É uma planta resistente que tolera uma variedade de condições do solo e de humidade.

Observações

Multiplica-se por sementes que, devido à sua cobertura impermeável, devem ser tratadas com água quente ou ácido sulfúrico antes de serem semeadas. Suporta muito bem o frio. Muito cultivada sobretudo nos países temperados, especialmente a cultivar Rosea, pelas suas flores rosa intenso, mais pequena e mais resistente ao frio. Quando está em plena floração é uma árvore muito vistosa.

Aplicações

As partes utilizadas para fins medicinais são as flores e a casca. A casca é amarga, adstringente, sedativa, diurética e analgésica, com efeitos estimulantes na circulação, útero e apetite. Externamente é usada em ferimentos, tumores e infecções pulmonares. As flores têm propriedades tranquilizantes e aliviam a indigestão. Internamente as flores e casca são usadas em infusões, para combater a insónia e irritabilidade. As flores são usadas ainda para estados de perda de memória e dificuldades respiratórias.

3 Exemplares no Parque


Porte


Folha


Flor


Fruto


Tronco