Família

Araucariaceae

Nome Comum

araucária-de-norfolk, araucária, pinheiro-de- Norfolk

Origem

Espécie endémica da ilha de Norfolk (Oceânia).

Tipo de Origem

alóctone

Autor

(Salisb.) Franco

Descrição

Árvore sempre-verde, de porte piramidal, atingindo 50 m de altura, com tronco direito. Com casca que se desprende em placas finas. Ramos principais horizontais, dispostos em verticilos regulares de 4 a 7. Ramos secundários horizontais e pendentes, densamente cobertos de folhas lineares que se dispõem em todas as direcções; as adultas imbricadas e curvadas de forma ovado-triangular, com cerca de 6 mm de comprimento e extremidade dura. Folhas juvenis de 8-12 mm de comprimento, pontiagudas, curvadas, de cor verde-brilhante. Inflorescência em cones, os masculinos alargados com cerca de 3 cm de comprimento, castanho-amarelados ou roxos, com numerosas escamas imbricadas; cones femininos subglobosos. Os frutos são pinhas ovóides ou globosas, erectas, de 10 a 15 cm de comprimento, com escamas que terminam numa ponta larga triangular, recurvada para trás. Sementes aladas.

Tipo de Reprodução

dióica

Forma de Vida

árvore

Ínicio de Floração

abril

Fim de Floração

junho

Perenidade

perenifólia

Inflorescência

cone

Cor da Flor

verde

Tipo de Folha

simples

Inserção de Folha

imbricada

Margem da Folha

inteira

Limbo da Folha

linear

Tipo de Fruto

pinha

Consistência do Fruto

seco

Maturação do Fruto

setembro

Habitat

Forma florestas naturais, subtropicais, no interior da ilha de Norfolk (Parque Nacional), juntamente com árvores angiospérmicas e fetos arbóreos.

Observações

Existem muitos exemplares de porte excecional em Portugal. O nome do género, Araucaria, provém da região de Arauco (Chile), onde se descobriu a primeira espécie, e onde servia de alimento aos nativos, pelas suas sementes serem comestíveis. O nome heterophylla, do grego, significa vários tipos de folhas, alusivo à diferença entre as folhas jovens e adultas.

Propaga-se por sementes, as quais devem ser semeadas logo após a colheita. Pode multiplicar-se por estaca e por enxerto. Suporta todos os tipos de solo, com excepção dos salgados, suporta temperaturas até 0º C, e é altamente resistente aos ventos.

Aplicações

A sua madeira é fácil de manusear. É apreciada na construção naval, especialmente em mastros, devido ao facto de apresentar o tronco direito. É também utilizada em marcenaria interior, contraplacados, pastas de papel e gravuras.

4 Exemplares no Parque


Porte


Folha


Flor


Fruto


Tronco